Moradores de seis cidades do Vale do Ribeira voltam pra casa após forte temporal

0
137
Por meio de barcos, a Defesa Civil está abastecendo com água potável os moradores do bairro Baissununga. — Foto: Divulgação/Prefeitura de Registro

Moradores de seis cidades do Vale do Ribeira, no interior de São Paulo, começaram a voltar para suas casas, nesta terça (4) e quarta-feira (5), após uma forte chuva que provocou o transbordamento do rio Ribeira de Iguape e a destruição de casas e plantações de banana. No total, 255 ficaram desalojadas e 51 desabrigadas. Segundo a Defesa Civil Estadual, até a manhã desta quarta-feira, grande parte dos moradores atingidos já tinha voltado para casa.

As cidades mais atingidas foram Jacupiranga, Pariquera-Açú, Barra do Turvo, Eldorado, Sete Barras e Registro. As chuvas intensas, que começaram na última sexta-feira (31), ocasionaram inundações e o extravasamento do Rio Ribeira de Iguape. Moradores foram retirados de suas casas e encaminhados para abrigos.

De acordo com a Prefeitura de Registro, o Rio Ribeira de Iguape atingiu o nível de 4,82 metros na terça-feira. O nível do Rio começou a baixar nesta quarta-feira e está com 4,57 metros.

Atualmente, 14 famílias permanecem desabrigadas, de um total de 40 pessoas que estão abrigadas no Ginásio Mário Covas. Há 8 famílias desalojadas, um total de 27 pessoas, que foram para casa de parentes. As famílias são dos bairros Vila Nova, Vila São Francisco e Jardim Valeri.

Por meio de barcos, a Defesa Civil está abastecendo com água potável os moradores do bairro Baissununga. A previsão é que a maioria das famílias já consiga retornar as suas casas nesta quinta-feira (6).

Segundo a Defesa Civil Estadual, nas outras cidades atingidas (Jacupiranga, Pariquera-Açú, Barra do Turvo, Eldorado e Sete Barras) não houve mais nenhum registro de ocorrências e os afetados já retornaram para suas residências. Além disso, não há previsão de chuva ao longo da semana.

Deixe uma resposta