Prefeitura de Suzano e Ministério dos Direitos Humanos oferecem cursos da Campanha Acolha a Vida

Suzano será palco do lançamento da Campanha Acolha a Vida, de prevenção ao suicídio e à automutilação, promovida pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, em parceria com a administração municipal. O evento está marcado para ocorrer no dia 23 de julho (terça-feira), às 9h30, no Cineteatro Wilma Bentivegna (rua Paraná, 70 – Centro). A iniciativa havia sido apresentada pela ministra Damares Alves durante visita à cidade no dia 13 de maio.

 

A atividade, que vai contar com as presenças do prefeito Rodrigo Ashiuchi, da presidente do Fundo Social de Solidariedade e primeira-dama de Suzano, Larissa Ashiuchi, e de representantes da Secretaria Nacional da Família, visa alertar as famílias e os profissionais sobre a importância da prevenção e da identificação dos comportamentos ligados ao suicídio e à automutilação.

 

Ainda na terça-feira – mesmo dia do evento – entre 13h30 e 17h30, os governos municipal e federal vão oferecer três cursos simultaneamente: “A Imprensa como fator de proteção ao suicídio”; “Identificando fatores de risco para suicídio e estratégias de prevenção”; e “Alegria de viver e coragem de sofrer: sentido da vida na prevenção do comportamento autodestrutivo”. Para participar, o interessado deverá preencher o formulário online emhttp://bit.ly/CampanhaAcolhaAVida.

 

A capacitação “A Imprensa como fator de proteção ao suicídio”, destinada aos profissionais de Comunicação, conta com 50 vagas e será realizada no auditório do Serviço de Ação Social e Projetos Especiais, o Saspe (rua General Francisco Glicério, 1.334 – Centro).

 

Já a palestra “Identificando fatores de risco para suicídio e estratégias de prevenção” poderá ser acompanhada por até cem profissionais da Saúde, assistentes sociais e policiais no Cineteatro Wilma Bentivegna (rua Paraná, 70 – Centro).

 

E a “Alegria de viver e coragem de sofrer: sentido da vida na prevenção do comportamento autodestrutivo” ocorrerá no Teatro Municipal Dr. Armando de Ré (rua General Francisco Glicério, 1.354 – Centro), tendo capacidade de acomodar até 350 professores, pais, conselheiros tutelares, líderes comunitários e religiosos.

 

De acordo com a primeira-dama, cada curso tem seu limite de vagas e um público específico. “As inscrições serão acolhidas pelo formulário online e serão validadas por ordem cronológica. Esperamos atingir profissionais de Comunicação, da Saúde e da Educação. Agradeço a Secretaria Nacional da Família e o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos por virem à cidade de Suzano e darem início a um projeto que certamente vai ajudar milhares de pessoas”, concluiu Larissa.

 

 

ESPECIFICAÇÕES DOS CURSOS

A IMPRENSA COMO FATOR DE PROTEÇÃO AO SUICÍDIO
Público-alvo: Profissionais de Comunicação
Data: 23/07/2019
Horário: Das 13h30 às 17h30
Local: Auditório do Saspe
Endereço: Rua General Francisco Glicério, 1.334 – Centro

 

IDENTIFICANDO FATORES DE RISCO PARA SUICÍDIO E ESTRATÉGIAS DE PREVENÇÃO
Público-alvo: Profissionais da Saúde, assistentes sociais e policiais
Data: 23/07/2019
Horário: Das 13h30 às 17h30
Local: Cineteatro Wilma Bentivegna
Endereço: Rua Paraná, 70 – Centro

 

ALEGRIA DE VIVER E CORAGEM DE SOFRER: SENTIDO DA VIDA NA PREVENÇÃO DO COMPORTAMENTO AUTODESTRUTIVO
Público-alvo: professores, pais, conselheiros tutelares, líderes comunitários e religiosos
Data: 23/07/2019
Horário: das 13h30 às 17h30
Local: Teatro Municipal Dr. Armando de Ré
Endereço: Rua General Francisco Glicério, 1.354 – Centro

 

 

Créditos das fotos: Wanderley Costa/Secop Suzano e Irineu Junior/Secop Suzano

Deixe uma resposta