Projeto de Saulo Dentista incentiva a Saúde Bucal

0
37
Projeto de Saulo Dentista incentiva a Saúde Bucal

O vereador Saulo Teixeira Alberto da Costa (PSL), Dr. Saulo Dentista, conseguiu a aprovação, nesta terça-feira (3), por unanimidade, do Projeto de Lei de sua autoria que cria o “Abril Grená” e o “Dia Municipal de Prevenção e Combate ao Câncer Bucal” no município de Poá. O objetivo é que o mês de abril e o dia 4 de novembro sejam incluídos no calendário de eventos da cidade e que ações de promoção de saúde bucal e prevenção de doenças como o câncer sejam realizadas anualmente no mês de abril, tendo como símbolo o laço grená.

Para o cirurgião-dentista e vereador, tanto o mês de abril, quando é celebrado o dia do patrono da Odontologia no Brasil, Tiradentes, quanto o “Dia Municipal de Prevenção e Combate ao Câncer Bucal”, que será estipulado, segundo o projeto, no dia 4 de novembro, são importantes para a realização de campanhas e ações de combate às doenças da boca. “Meu objetivo é sensibilizar os governantes, bem como a população, sobre a questão do câncer bucal, que a cada ano atinge um maior número de pessoas, muitas vezes por total desconhecimento dos fatores que podem levar à doença”.

Estatísticas

Segundo o INCA (lnstituto Nacional do Câncer), a estimativa de câncer bucal em 2018 foi de 14.700 casos, sendo 11.200 em homens e 3.500 em mulheres. O número de mortes foi de 5.898, sendo 4.672 homens e 1.226 mulheres. Por ano, cerca de 4,6 mil pacientes são tratados no Estado de São Paulo. Ao todo, o Governo trata e reabilita cerca de 40% de todos os brasileiros acometidos peladoença, que afeta os lábios e o interior da cavidade oral.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que a prevenção pode ajudar a reduzir a incidência de câncer bucal em até 25% até 2025. Por isso, é de suma importância a conscientização da população sobre a prevenção de doenças, por meio da organização de debates, atividades educativas e estímulo à troca de experiências que alertam a população e promovam a saúde.

O principal objetivo das campanhas de conscientização é detectar alterações em estágio inicial, já que o câncer bucal tem mais de 75% de diagnósticos tardios. É o que mostra o levantamento realizado pela Secretaria de Estado da Saúde. Quando no começo, a doença tem quase 100% de chance de cura.

A doença

O câncer da boca (também conhecido como câncer de lábio e cavidade oral) é um tumor maligno que afeta lábios, estruturas da boca, como gengivas, bochechas, céu da boca, língua (principalmente as bordas) e a região embaixo da língua. É mais comum em homens acima dos 40 anos, sendo o quarto tumor mais frequente no sexo masculino na região Sudeste. A maioria dos casos é diagnosticada em estágios avançados.

A parte posterior da língua, as amígdalas e o palato fibroso fazem parte da região chamada orofaringe e seus tumores têm comportamento diferente do câncer de cavidade oral.

Deixe uma resposta