Ruas de Palmeiras entram em última etapa para assentamento de bloquetes

1
188

No total, os serviços em vias do Parque Palmeiras e do Jardim do Lago estão recebendo investimentos de mais de R$ 2 milhões

As ruas José Augusto dos Santos e Fernando Rogério Gomes, no Parque Palmeiras, e Laurentino Gonzaga do Amaral, no Jardim do Lago, entraram na última etapa para assentamento da pavimentação intertravada e instalação de guias e sarjetas. No total, os serviços nessas vias do distrito de Palmeiras estão recebendo investimentos de mais de R$ 2 milhões.

 

As intervenções completas poderão ser concluídas até o final do primeiro semestre, segundo a Unidade de Planejamento e Assuntos Estratégicos (Upae) da Prefeitura de Suzano. No Parque Palmeiras, os trabalhos tiveram início com a implantação dos bloquetes de concreto como pavimento para a via, obedecendo à legislação ambiental vigente, e assentamento de guias e sarjetas. O custo da obra é de R$ 299 mil. 

 

Já no Jardim do Lago, os serviços começaram em agosto de 2019, com instalação de sistemas de drenagem e escoamento de águas da chuva, guias, sarjetas e pavimentação da via, onde futuramente poderá haver uma academia ao ar livre, segundo previsão da Secretaria de Manutenção e Serviços Urbanos de Suzano. O investimento total no bairro é de aproximadamente R$ 1,8 milhão. 

 

Os trabalhos são realizados pelas equipes da empresa Renov Pavimentação e Construções Ltda. Além dessas melhorias, a Prefeitura de Suzano também esteve nos bairros para realizar ações de limpeza de cursos d’água, com o objetivo de reduzir os riscos de alagamentos durante o período de chuvas. 

 

Segundo o vice-prefeito Walmir Pinto, dirigente da Upae, agentes municipais vêm acompanhando de perto os serviços na região sul da cidade. “Para o Parque Palmeiras e o Jardim do Lago, a expectativa é de que as obras sejam entregues no primeiro semestre ainda, com a data exata dependendo das condições do clima”, explicou.

 

 

Crédito das fotos: Wanderley Costa/Secop Suzano

 

1 COMENTÁRIO

Deixar uma resposta