Seis presos da Casa de Custódia de Taubaté testam positivo para Covid-19

0
72
SAP confirma seis casos positivos de Covid-19 na Casa de Custódia de Taubaté — Foto: Reprodução/TV Vanguarda

A informação foi confirmada pela Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) na tarde desta terça-feira (28); presos estão em isolamento.

Seis presos da Casa de Custódia de Taubaté testaram positivo para Covid-19 e estão em isolamento na enfermaria. A informação foi confirmada pela Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) na tarde desta terça-feira (28).

Os presos vieram transferidos da unidade de Franco da Rocha, no dia 21 de julho, para a Unidade Prisional Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico de Taubaté. Eles foram submetidos aos testes rápidos durante o fim de semana, que deram positivos.

De acordo com Vigilância Epidemiológica da cidade, os presos foram isolados e as instalações passaram por processo de desinfecção. Os funcionários e outros pacientes da unidade estão sendo monitorados.

Por nota, além de confirmar os casos, a SAP informou que adotou medidas sanitárias a serem seguidas no sistema prisional como a suspensão das atividades coletivas, intensificação na limpeza das áreas, restrição na entrada de pessoas que não sejam funcionários, determinação da quarentena para os presos que entram no sistema prisional, monitoramento dos grupos de risco, ampliação na distribuição e uso de produtos de higiene, álcool em gel e sabonete, além da distribuição de equipamentos de proteção individual (EPI).

“A Pasta tem realizado busca ativa para casos similares a Covid-19 em toda a população prisional. Estamos seguindo ainda as determinações do Centro de Contingência do coronavírus e avaliamos permanentemente o direcionamento de ações para o enfrentamento do problema. Medidas de higiene e distanciamento preconizados pelos órgãos de saúde foram aplicadas”, informou.

Taubaté contabiliza nesta terça, 1642 casos positivos e 53 mortes para doença.

Casa de Custódia

Com 105 anos de história, a Casa de Custódia atualmente funciona como um presídio hospital psiquiátrico. A população carcerária é de 361 presos, de diferentes regiões do Estado. Já abrigou presos “famosos”, como o Bandido da Luz Vermelha, Pedrinho Matador e Chico Picadinho — único preso, ainda interditado, do país. Ele já cumpriu a pena máxima estabelecida por lei, que é de 40 anos de prisão, mas segue como paciente psiquiátrico na unidade.

Com informações do G1

Deixar uma resposta