Douglas dos Santos Oliveira foi preso durante operação da Polícia Civil de Itanhaém (SP) — Foto: Divulgação/Polícia Civil

Um homem suspeito de ser responsável por montar a estrutura da comercialização de entorpecentes em Itanhaém, no litoral de São Paulo, foi preso na manhã desta sexta-feira (4) após investigações da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE). Ele foi capturado em São Paulo e a ação fez parte de uma operação que tem o objetivo de desarticular o tráfico de drogas no bairro Belas Artes.

De acordo com a polícia, Douglas dos Santos Oliveira, conhecido como ‘Zoio’, foi preso no início da manhã. O delegado Bruno Lázaro, responsável pela ação, informou que a prisão do suspeito foi parte importante da operação e para a desarticulação da quadrilha.

“A Dise vem combatendo o tráfico de drogas, principalmente, no bairro Belas Artes, onde o índice de tráfico e ações da Polícia Civil e Militar é alto. Primeiro, capturamos os responsáveis pela comercialização, os vendedores. Em seguida, as pessoas que organizavam essa venda e, agora, o responsável por trazer essas drogas de São Paulo para Itanhaém e gerenciar o ponto de venda”, explica.

Ainda de acordo com o delegado, para chegar até Douglas, a equipe contou com ações de campo, análise e extração de dados telefônicos e depoimentos. “Esse foi um alvo importante. Com essa prisão desarticulamos de maneira crucial o tráfico naquela região”, finaliza.

Na sua residência de Douglas, onde foi cumprido mandado de busca e apreensão, foram encontrados documentos, um veículo que ele utilizava para despistar os policiais e, com isto, transportar drogas e dinheiro do tráfico, segundo a polícia.

Deixe uma resposta