Suzano é destaque no Prêmio Valor Inovação 2020

0
33

Empresa ficou entre as homenageadas da categoria Química, Papel e Celulose

 

Suzano, referência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, ficou entre as cinco empresas de destaque na categoria Química, Papel e Celulose do Prêmio Valor Inovação 2020. Promovida pelo jornal Valor Econômico, a pesquisa reconhece as organizações que valorizam a inovação como estratégia de negócio através de cinco pilares: intenção de inovar, esforço para realizar a inovação, resultados obtidos, avaliação de mercado e geração de conhecimento.

Em sua sexta edição, a premiação teve como tema “Competências do Futuro” e também considerou o desempenho das empresas para inovar, especialmente em um ano atípico devido à pandemia.

“Estar entre as empresas de destaque é um reconhecimento de que a inovação está no nosso DNA e, aliado ao processo de Transformação Digital pelo qual passa a Suzano, tem potencializado resultados em todos os nossos processos, sejam nas florestas plantadas, nas fábricas e até mesmo em nossos escritórios,” afirma Fernando Bertolucci, diretor executivo de Tecnologia e Inovação da Suzano. “Este é um importante indicador de que a empresa está construindo uma trajetória pautada no que chamamos de Inovabilidade, ou seja, a Inovação aplicada à Sustentabilidade”, completa o executivo.

A premiação marca o lançamento do anuário “Valor Inovação Brasil 2020”, publicação com o ranking das 150 empresas mais inovadoras do país e matérias com cases das 10 empresas mais inovadoras e das líderes em cada um dos 23 setores analisados.

Sobre a Suzano

Suzano, empresa resultante da fusão entre a Suzano Papel e Celulose e a Fibria, tem o compromisso de ser referência global no uso sustentável de recursos naturais. Líder mundial na fabricação de celulose de eucalipto e uma das maiores fabricantes de papéis da América Latina, a companhia exporta para mais de 80 países e, a partir de seus produtos, está presente na vida de mais de 2 bilhões de pessoas. Com operações de dez fábricas, além da joint operation Veracel, possui capacidade instalada de 10,9 milhões de toneladas de celulose de mercado e 1,4 milhão de toneladas de papéis por ano. A Suzano tem mais de 35 mil colaboradores diretos e indiretos e investe há mais de 90 anos em soluções inovadoras a partir do plantio de eucalipto, as quais permitam a substituição de matérias-primas de origem fóssil por fontes de origem renovável. A companhia possui os mais elevados níveis de Governança Corporativa da B3, no Brasil, e da New York Stock Exchange (NYSE), nos Estados Unidos, mercados onde suas ações são negociadas.

Deixar uma resposta