Níveis de um anticorpo no organismo podem revelar se uma pessoa irá morrer precocemente

Um teste em saliva poderá prever quanto tempo nos resta de vida. É o que sugere um estudo que revela que os níveis de um determinado anticorpo está relacionado com à medida que a pessoa se aproxima do fim da vida.

 

Para chegar a esta conclusão, uma equipe de cientistas da Universidade de Birmingham, nos Estados Unidos, recolheu amostras de 639 adultos em 1995, que foram seguidos durante mais de 19 anos.

Os cientistas descobriram que os níveis da imunoglobulina A secretora (IgA) decresciam à medida que a pessoa se aproximava da morte, revela o jornal britânico Daily Mail.

Os anticorpos são utilizados pelo corpo para combater uma infecção e são segregadas pelos glóbulos brancos do sangue.

Os investigadores dizem que esta substância parece ser um marcador de risco de mortalidade, e que analisar os níveis deste anticorpo poderá ser útil para a saúde em geral. Além disso, destacam que o teste na saliva é muito menos invasivo do que a recolha de sangue.

Deixe uma resposta