Vereadora Gerice Lione destaca ações do seu mandato

2
220

A vereadora Gerice Lione (PL), a esposa do Prefeito da Academia, destacou ações do seu mandato realizadas neste ano. A parlamentar, que é a primeira mulher na história da cidade a comandar o Legislativo suzanense, encerra 2019 com balanço positivo e revelou que já está definindo ações para o ano que vem.

Ela ressaltou uma reivindicação de sua autoria que mudou a realidade dos moradores do bairro Jardim Monte Cristo: a pavimentação na rua Turmalina. Este pedido foi feito pela parlamentar ao prefeito Rodrigo Ashiuchi (PL) e saiu do papel em setembro. Outro bairro que também foi beneficiado pelo mandato da parlamentar foi o Jardim Brasil I. Na primeira etapa das obras, quatro ruas foram selecionadas para receber as melhorias, que totalizaram R$ 12 milhões de investimento em esgoto, microdrenagem e pavimentação.

PM

Entrou em vigor neste ano a lei municipal 5.188/19, de autoria da vereadora Gerice, que cria o pró-labore aos policiais militares que, mesmo com alguma restrição médica, possam atuar no auxílio administrativo das funções de engenharia, fiscalização, policiamento e controle de tráfego e trânsito nas ruas de Suzano.

Gestão

Gerice assumiu a Presidência da Casa de Leis para o biênio 2019-2020. Sob o seu comando, a Câmara contabilizou 332 projetos apresentados. Além disso, o Legislativo passou a contar, em todas as sessões (ordinárias e solenes) com uma intérprete da Língua Brasileira de Sinais (Libras). Assim, pessoas surdas ou com deficiência auditiva podem acompanhar o que é discutido e votado pelos vereadores.

Outra ação comandada por Gerice foi a reestruturação administrativa da Câmara de Suzano. A medida foi elogiada pelo Ministério Público (MP) do Estado de São Paulo. De acordo com o relatório assinado pela promotora de Justiça Teresa de Almeida Prado Franceschi e aprovado pelo subprocurador-Geral de Justiça Jurídico Wallace Paiva Martins Júnior, a reestruturação “atendeu ao interesse público e às exigências do serviço, assim como respeitou os princípios orientadores da Administração Pública, constitucionalmente previstos”.

A reestruturação foi realizada para atender uma exigência do MP em relação à quantidade de cargos em comissão que deveriam ser ocupados por servidores efetivos. A lei nº 5.186/19 regulamentou em 30% o percentual mínimo dos cargos de provimento em comissão reservados aos funcionários de carreira.

Em setembro, a sede da Câmara de Suzano recebeu uma placa de “instalação sustentável” do programa do governo estadual “Município VerdeAzul”. O prédio do Legislativo é a única edificação pública da cidade contemplada com a placa, por possuir instalações sustentáveis, como caixa acoplada nos banheiros, torneiras com temporizadores nos banheiros e com arejadores na cozinha, janelas amplas e pintura clara, ventilação cruzada natural, calçada ecológica, bicicletário, lixeira para materiais recicláveis, lâmpadas fluorescentes e de LED, sensores de presença nos banheiros, espelhos d’água nas lajes, telhado verde e iluminação natural.

Para Gerice, essa conquista é um grande exemplo para as demais edificações do município, assim como a instalação de um elevador para cadeirantes no Plenário, permitindo o acesso de pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida ao local.

Economia

No mês passado, Gerice entregou um cheque no valor de R$ 2 milhões ao prefeito da cidade. Este valor representa a economia que a Casa de Leis fez durante o ano do repasse da Prefeitura. Até o final deste ano, o Legislativo realizará outra devolução aos cofres públicos. Ashiuchi ressaltou que é a primeira vez que o Executivo recebe o saldo parcial do duodécimo antecipadamente. Isto, para ele, representa “uma ótima gestão financeira”.

Deste valor total, Gerice solicitou ao prefeito que R$ 1 milhão seja investido na Educação para a instalação de playgrounds nas escolas municipais e R$ 300 mil para a Cultura. “Os outros R$ 700 mil vamos aplicar na infraestrutura da cidade”, adiantou o prefeito.

2 COMENTÁRIOS

Deixar uma resposta