Suzano terá desassoreamento dos rios Tietê e Taiaçupeba-Mirim

0

Anúncio foi feito pelo DAEE durante vistoria da abertura das comportas da barragem da Penha; prefeitura também protocolou pedidos de intervenção em outros rios da cidade

Suzano será contemplada com o desassoreamento dos rios Tietê e Taiaçupeba-Mirim. A notícia foi oficializada pelo Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE) durante visita técnica de membros do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) à barragem da Penha na manhã desta quinta-feira (31/08). Na oportunidade, o prefeito Rodrigo Ashiuchi e o secretário municipal de Manutenção e Serviços Urbanos, Samuel Oliveira, acompanharam a agenda. 

A visita técnica direcionada pelo diretor de obras do DAEE, Nelson Lima, e pelo gerente de Engenharia do órgão estadual, Silvio Giudice, apresentou o processo de manutenção das seis comportas da barragem que controlam a vazão das águas do rio Tietê. Ao longo da manhã, os integrantes também apresentaram o plano de remoção de resíduos do leito do corpo d’água.

No caso do rio Tietê, Lima explicou que o trabalho de desassoreamento do lote 4 terá início no final do mês de setembro, com investimento aproximado de R$ 160 milhões nos próximos 30 meses. Em virtude da grande extensão do trecho, o DAEE dividiu o rio em três sub-lotes para a execução paralela dos serviços. No caso de Suzano, que abriga 14,9 quilômetros do rio, a ação de limpeza é orçada em R$ 53,5 milhões, com previsão de remover cerca de 325 mil metros cúbicos (m³) de resíduos.

De forma complementar, a Prefeitura de Suzano também recebeu a confirmação do desassoreamento do rio Taiaçupeba, outro dos principais corpos d’água que cortam o município. Além disso, Ashiuchi e Oliveira também protocolaram o pedido de análise e intervenção de outros rios da cidade, sendo estes o Jaguari, o Guaió e o Una, todos situados nas regiões central e norte da cidade. Segundo os representantes do DAEE, as requisições serão devidamente estudadas em reuniões nas próximas semanas.

Oliveira relata que os serviços de desassoreamento do rio Tietê em Suzano, e demais municípios, criarão condições muito mais favoráveis para que o impacto das chuvas no verão seja minimizado. “Este é um avanço fundamental para toda a cidade, pois o trabalho de remoção de resíduos garantirá a redução de transbordamento dos rios, o que deve conferir mais segurança e tranquilidade aos nossos moradores”, ressaltou.

Ashiuchi explica que a limpeza desses rios era um pedido antigo não apenas de Suzano, mas de todo o Condemat. “Essa conquista é um trabalho conjunto entre todas as cidades do Alto Tietê. Este trabalho integrado de desassoreamento, somado à abertura das comportas para vazão das águas, representa um ganho gigantesco para todos os moradores da nossa região”, pontuou.

“Por esse grande avanço, agradeço a todos os prefeitos e vereadores da região, além de ressaltar a atenção do governador Tarcísio de Freitas; do presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), o deputado André do Prado; e da superintendente do DAEE, Mara Ramos. Seguimos juntos trabalhando em prol de todo o povo de Suzano e do Alto Tietê”, concluiu o chefe do Executivo.

Além dos representantes suzanenses, o vice-presidente do consórcio e prefeito de Arujá, Luís Camargo, e os prefeitos Eduardo Boigues (Itaquaquecetuba), Priscila Gambale (Ferraz de Vasconcelos), Márcia Bin (Poá) e Gustavo Henric Costa, o Guti (Guarulhos), também participaram.

Créditos das fotos: Paulo Pavione/Secop Suzano e Wanderley Costa/Secop Suzano

source

Anúncios

Deixe uma resposta