Escolas municipais recebem doação de ferramentas tecnológicas da Embaixada da Coreia do Sul

0
O GET Joaquim Abílio Borges, no Humaitá, será um dos beneficiados com as ferramentas tecnológicas – Rafael Catarcione/Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Educação, assinou, nesta quarta-feira (17/4), um Termo de Cooperação Financeira com a Embaixada da Coreia do Sul. A parceria foi firmada entre o presidente do Comitê Rio G20, Lucas Padilha, que representou o prefeito Eduardo Paes, o embaixador coreano Lim Ki-Mo e o secretário de Educação, Renan Ferreirinha. A cerimônia foi realizada no Ginásio Educacional Tecnológico (GET) Joaquim Abílio Borges, no Humaitá.

O memorando de entendimentos prevê investimentos de R$ 2,4 milhões em ferramentas tecnológicas. Os recursos serão empregados na aquisição de projetores multimídia, TVs, notebooks, telefones celulares, impressoras 3D, máquinas de corte a laser e aparelhos de ar-condicionado, beneficiando mais de mil alunos.

– A Coreia do Sul, uma importante democracia no mundo, foi um país que apostou na ciência, tecnologia e inovação na educação pública há muito tempo. E hoje é um país que consegue ajudar o Brasil, um país que tinha uma situação de educação muito parecida com a nossa e desafios muito grandes. Mas também muito potencial. Não poderia ter parceria melhor para começar a incentivar que a cooperação internacional e com as empresas chegasse aos GETs. É com esse bom parceiro que começamos – afirmou Lucas Padilha.

O embaixador coreano Lim Ki-Mo ressaltou a importância da parceria com a Prefeitura do Rio.

– É com imensa alegria que estou celebrando essa parceria entre o Rio e a Coreia para o desenvolvimento dos Ginásios Educacionais Tecnológicos. Estou feliz que possamos aprofundar essa amizade. Na sociedade moderna em constante mudança, é fundamental utilizar a tecnologia na educação. A Coreia coloca grande ênfase na educação e na tecnologia. Espero que as ferramentas a serem entregues a cada escola ajudem no desenvolvimento da educação digital, permitindo que mais alunos desfrutem e experimentem a alegria do aprendizado. Essa contribuição será composta por produtos produzidos por empresas coreanas no Brasil. Espero que este projeto marque o início de uma parceria baseada na amizade entre o Rio e a Coreia. Acredito que a educação não é uma preparação para a vida, ela é a própria vida.

Três escolas vão receber os materiais, todas já transformadas em GETs, um modelo inovador de ensino. Além do GET Joaquim Abílio Borges foram selecionados os GETs Tarsila do Amaral, em Irajá, e Lucio de Mendonça, em Anchieta.

O GET segue a abordagem STEAM (Ciência, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática) e tem por objetivo potencializar o desenvolvimento de novas competências e habilidades ao oferecer aos alunos a possibilidade de realizar projetos de forma interdisciplinar para além do livro didático. As escolas contam com laboratórios maker. Tudo para que o aluno consiga desenvolver.

– Eu tenho certeza que com essa parceria com a Embaixada da Coreia do Sul e as empresas teremos muito a ganhar na perspectiva de futuro. O que está em jogo é o que vocês querem apostar no futuro de vocês. E a gente quer passar um recado muito claro: estudar vale a pena. Se você apostar no conhecimento, nos estudos, no GET, que é o modelo de ensino mais inovador do nosso país, a gente vai conseguir que vocês tenham grandes realizações nas suas vidas. Na década de 50, a Coreia do Sul e o Brasil estavam em patamares muito parecidos na educação. A Coreia do Sul fez uma escolha de décadas, de apostar na educação, na inovação e na tecnologia. E hoje colhe resultados que nos inspiram muito – disse Renan Ferreirinha.

A rede municipal já tem mais de 100 Ginásios Educacionais Tecnológicos, atendendo a mais de 50 mil alunos, e com previsão de chegar a 200 unidades deste novo modelo de escola até o fim de 2024. São atendidos alunos de todas as idades e de todas as regiões da cidade.

Além do município do Rio de Janeiro, a embaixada da Coreia já doou equipamentos para escolas municipais de Manacapuru (AM), Belém (PA) e Boa Vista (RR).

Categoria:

  • 17 de abril de 2024
  • source
    Com informações da Prefeitura do Rio de Janeiro

    Anúncios

    Deixe uma resposta