Evento no Paço Municipal marca 75 anos de Suzano com exposição e homenagens

0

Foram congratulados o autor do hino da cidade, José de Gouvêa, o historiador Ariovaldo Pereira Nunes, o comendador Estevam Galvão, o prefeito e a primeira-dama

O Paço Municipal Prefeito Firmino José da Costa viveu uma manhã especial nesta quinta-feira (11/04) para celebrar os 75 anos de emancipação político-administrativa de Suzano. No Cineteatro Wilma Bentivegna, foi preparada pela prefeitura uma solenidade para prestar homenagens a personalidades que contribuíram na construção da história da cidade como o autor do hino suzanense, José de Gouvêa, o historiador Ariovaldo Pereira Nunes e o comendador Estevam Galvão.

Por ser realizada justamente na data em que se comemora o “Dia do Prefeito”, a cerimônia também homenageou o chefe do Poder Executivo municipal, Rodrigo Ashiuchi, e a primeira-dama Larissa Ashiuchi. Após o evento, os presentes foram convidados para o lançamento da exposição “História Especial 75 anos, de 1949 a 2024”, disponível no subsolo, que apresenta registros sobre a evolução do município e de momentos marcantes para Suzano. As gravuras ficarão acessíveis à população neste espaço até a próxima sexta-feira (19/04).

A solenidade começou e terminou ao som da Orquestra Jazz Sinfônica, sob a regência do maestro Binho e foi conduzida pela Secretaria Municipal de Governo, liderada pelo titular da pasta, Alex Santos, que realizou a atividade com apoio da Secretaria Municipal de Assuntos Jurídicos, chefiado por Renato Swensson; e da Secretaria Municipal de Comunicação Pública, sob a responsabilidade do secretário Paulo Pavione. A pasta disponibilizará na próxima semana, no site da administração municipal, um link que apresentará os locais de referência da cidade, fazendo alusão aos “75 motivos para se orgulhar”, com texto e áudio descritivo.

Marcaram presença os secretários municipais Arnaldo Marin Junior; o Nardinho (Esporte e Lazer); Samuel Oliveira (Manutenção e Serviços Urbanos); Leandro Bassini (Educação); Elvis Vieira (Planejamento Urbano e Habitação, e Meio Ambiente); Afrânio Evaristo da Silva (Chefia de Gabinete e Segurança Cidadã); os vereadores de Suzano Artur Takayama; Marcel Pereira da Silva, o Marcel da ONG; Max Eleno Benedito, o Max do Futebol; e os vereadores de Poá, David de Araújo Campos, o Tio Deivão; e Lucas Ferrari.

Em visita à exposição, todos puderam apreciar uma sequência de fotos que apresentam o desenvolvimento do município, desde os primeiros dias de sua emancipação político-administrativa. Como exemplo, podem ser encontrados o descerramento do laço inaugural do primeiro Paço Municipal pelo então prefeito Abdo Rachid, em 1952; imagem da rua General Francisco Glicério nos anos de 1940; uma procissão saindo da antiga Igreja São Sebastião do Guaió, na década de 1930; um registro da Academia Terazaki, com o mestre Davi Trinca, com mais de 40 anos; e até mesmo um jogo beneficente com participação dos integrantes dos “Trapalhões” no antigo Ginásio Paulo Portela. Em uma das galerias, é possível acompanhar retratos que mostram o antes e depois de alguns cenários que mostram a vista aérea da cidade, a estação de trem e o endereço onde hoje funciona o Hospital Regional do Alto Tietê (HRAT).

Atuamos para melhorar a qualidade de vida da população e honrar a confiança que foi depositada em nosso trabalho”, sublinhou Ashiuchi.

Também participaram da cerimônia, a diretora de Patrimônio da administração municipal, Rita Paiva; a presidente da Comissão da Mulher Advogada da 55ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB Suzano), Maria Margarida Mesquita; o presidente da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa), César Braga; o coordenador da Unidade de Planejamento e Assuntos Estratégicos (Upae) e diretor de Vigilância Sanitária, Mauro Vaz; e a comandante da Guarda Civil Municipal (GCM), Tatiana Orita.


Crédito das fotos: Luana Bergamini/Secop Suzano

Anúncios

Deixe uma resposta