Escutar áudio do texto

A Fundação Pró-Lar de Jacareí realizou no sábado (6) a entrega das matrículas de cerca de 200 apartamentos do conjunto habitacional CDHU do bairro Campo Grande. Em 27 de março, outras 400 famílias receberam a documentação durante cerimônia que contou com a presença de autoridades, entre elas o governador do Estado, Tarcísio Freitas. 

O pintor Adilson José de Lima, 62 anos, foi um dos primeiros moradores do conjunto habitacional, e após uma espera de mais 27 anos, ele comemorou a posse da escritura do seu imóvel. “Antes eu não tinha como provar que o apartamento era meu. Agora está legalizado, posso cuidar dele com mais gosto”, disse.

Já a dona de casa, Renata Keila da Silva, reside há 11 anos no CDHU Campo Grande, relatou que “sempre lutou” para conseguir a matrícula do imóvel: “Eu acabei comprando o apartamento, mas quando fui verificar a documentação para passar para o meu nome, descobri que não havia escritura. Há 5 anos venho tentando resolver isso e não consigo. Agora com a matrícula, fico mais tranquila para finalizar esse processo e ter a certeza de que a casa em que moro é minha de verdade.”

Para o atual chefe de gabinete e ex-presidente da Fundação Pró-Lar, Alexsandro Quadros, que atuou nesse processo de regularização dos apartamentos do CDHU Campo Grande, a entrega dessa documentação “é um marco histórico e importante para todos os moradores desse empreendimento do CDHU. A matrícula/título de propriedade em mãos é a garantia jurídica de que aquele imóvel é deles”.

Quadros frisou ainda que no caso dos moradores que não conseguiram retirar a matrícula no último sábado devem procurar a sede da Fundação. “Fizemos esse segundo momento de entrega para que aqueles que não tiveram disponibilidade no dia, pudessem retirar seus documentos conosco, a partir de agora, quem ainda não retirou poderá se dirigir até a Fundação Pró-Lar.”

Espera durou 27 anos

Depois de 27 anos de espera pela escritura dos imóveis, finalmente as 600 famílias que residem no Conjunto Habitacional no Bairro Campo Grande receberam a documentação.

O Conjunto Habitacional no Bairro Campo Grande foi entregue em 1997, pela CDHU – Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano, em uma área de 61.584,28m², que pertencia a Fazenda do Estado.

Em 2022, a Fazenda doou o imóvel para a CDHU, chegando ao fim um longo entrave fundiário que impedia sua regularização, dando início às tratativas técnicas para abertura das matrículas e registro em cartório. Após o término das tratativas para a resolução fundiária, houve um intenso trabalho de suporte da Fundação Pró-Lar, em conjunto com a equipe do CDHU – que se encerrou neste ano, com a entrega das matrículas aos moradores.

O empreendimento é dividido em quatro Quadras, seis Lotes, com 600 unidades habitacionais e aproximadamente 1.800 moradores.

Legenda: Moradores obtém matrículas de CDHU Campo Grande, entregues pela Fundação Pró-Lar de Jacareí

source
Com informações da Prefeitura de Jacarei

Anúncios

Deixe uma resposta