Em 17 meses, mais de 112 mil infratores foram presos ou apreendidos pela Polícia Militar paulista



A operação se destacou pelo reforço no policiamento em áreas específicas

A Operação Impacto, da Polícia Militar, apreendeu cerca de 200 toneladas de drogas em 17 meses. A ação teve início em janeiro do ano passado com o objetivo de coibir a criminalidade e reforçar o efetivo policial em pontos estratégicos do estado de São Paulo.

Somente no 1º trimestre deste ano, foram apreendidas 34 toneladas de entorpecentes.

A pronta resposta da corporação também foi determinante para a prisão e apreensão de 112,2 mil infratores em todo o estado no período. Conforme o balanço divulgado pela PM, do total de detidos, 38,2 mil eram foragidos da Justiça e foram recapturados.

A operação foi realizada com o intuito de ampliar a ação ostensiva melhorando a percepção de segurança da população paulista. O trabalho policial foi direcionado por meio de planejamento estratégico com base no uso de inteligência policial e geoprocessamento de dados, o que permitiu identificar os pontos com os maiores índices de criminalidade.

Desse modo, a atuação das forças de segurança também contribuiu para recuperar 29,3 mil veículos e retirar 6,6 mil armas ilegais das ruas do estado.

Na cidade de São Paulo, a operação se destacou pelo reforço no policiamento em áreas específicas, que apresentaram maiores índices criminais.

No centro da capital paulista, o policiamento foi ampliado em todas as áreas desde o ano passado. Além disso, outras regiões também tiveram reforço em dias e horários específicos, como a Faria Lima e a Avenida Paulista.

Siga o canal “Governo de São Paulo” no WhatsApp:
https://bit.ly/govspnozap

source
Com informações do Governo de São Paulo

Anúncios

Deixe uma resposta