A concessão das linhas 11-Coral, 12-Safira e 13-Jade da CPTM, que fazem parte do Programa de Parcerias de Investimentos do Estado de São Paulo (PPI-SP), trará cerca de R$ 12,5 bilhões em investimentos. As audiências públicas ocorrerão nos dias 19, 20 e 21 de junho, nas cidades de São Paulo, Guarulhos e Mogi das Cruzes, respectivamente, municípios que serão beneficiados com as futuras obras e intervenções. Há a previsão de construção de 10 novas estações para atender a população.

Na linha 13-Jade, está prevista a extensão, em direção a Guarulhos, ao bairro de Bonsucesso, um dos mais populosos da cidade, com quatro estações intermediárias, entre o aeroporto internacional de Guarulhos e o bairro. Já no sentido centro, haverá a extensão do Parque Ecológico do Tietê até Gabriela Mistral, com duas estações. A estação Gabriela Mistral fará ligação com a estação 2-Verde do Metrô.

“Nós vamos conectar uma das regiões mais populosas de Guarulhos até a Avenida Paulista, no centro de São Paulo, e ao Metrô, o que é um benefício muito importante para toda a região metropolitana”, destacou André Isper Rodrigues Barnabé, secretário-executivo da Secretaria de Parcerias em Investimentos.

A linha 11-Coral contará com quatro novas estações, sendo elas César de Souza, Lajeado, Penha e Bom Retiro. Já a 12-Safira terá uma: Cangaíba. Com a expansão da infraestrutura, haverá ainda melhorias importantes nos serviços, como a redução no intervalo entre os trens.

“A linha 12, que opera com cerca de sete minutos e meio, vai passar a operar com três minutos e meio, ou seja, metade do tempo. E a linha 13, que contempla tanto o Expresso Aeroporto quanto o serviço regular, também terá redução. O expresso, que sai hoje a cada uma hora, passará a sair a cada 30 minutos. O trem regular, que passa em todas as estações, passará de 20 para 15 minutos de intervalo, o que é um ganho de tempo importante. A linha 11, que hoje opera com três minutos e meio, passará a atuar em três minutos”, detalhou o secretário-executivo da SPI.

Além disso, haverá modernização de estações existentes, reconstruções e novos investimentos em viadutos e passarelas, acabando com cruzamentos ferroviários. Está prevista ainda a modernização de todos os sistemas das linhas.

Participação popular

A consulta pública sobre o projeto de parceria público-privada (PPP) das linhas 11-Coral, 12-Safira e 13-Jade de trens metropolitanos, denominado Lote Alto Tietê, vai até o dia 18 de julho. As contribuições deverão ser feitas por escrito, obedecendo ao formulário-modelo disponível no anexo do regulamento da consulta, que está no site da SPI.

As audiências públicas vão ocorrer de forma presencial, com transmissão pela internet, na quarta-feira (19), na capital paulista, às 9h, na sede do DER (Departamento de Estrada de Rodagem); quinta-feira (20), em Guarulhos, às 9h30, na sede da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil); e sexta-feira (21), em Mogi das Cruzes, às 9h30, no auditório da OAB-Mogi das Cruzes.

Para assistir à audiência pública não é necessária a inscrição prévia, respeitando a capacidade de cada local. Os interessados em fazer manifestação oral poderão ser inscrever por meio de formulário online (link: https://forms.gle/U2EVma2gNLjdkyTt6) até o dia 18 de junho, ou presencialmente, no momento indicado da sessão.

A transmissão das audiências será pelo canal oficial do Governo de São Paulo no YouTube. O regulamento, as formas de participação e outras informações relevantes ao processo serão disponibilizados no site da Secretaria de Parcerias em Investimentos na página “Participação Social“.

source
Com informações do Governo de São Paulo

Anúncios

Deixe uma resposta