Caminhada da Patrulha Maria da Penha encerra ações da campanha ‘Agosto Lilás’

0

Atividade inédita em Suzano mobilizou cerca de 500 pessoas pelas ruas da região central na tarde do último sábado (26/08)

A Prefeitura de Suzano, por meio da Secretaria Municipal de Segurança Cidadã, promoveu no último sábado (26/08) a Caminhada da Patrulha Maria da Penha. O evento inédito reuniu cerca de 500 participantes pelas ruas centrais da cidade, mobilizando o público no enfrentamento à violência doméstica e encerrando as atividades alusivas à campanha “Agosto Lilás”.

A caminhada teve concentração na Praça Cidade das Flores, percorrendo trajeto até a Praça João Pessoa, passando pela rua General Francisco Glicério, principal corredor comercial da cidade. Na ocasião, a mobilização liderada pela Patrulha Maria da Penha engajou importantes órgãos da sociedade civil, contando com o apoio do Serviço de Ação Social e Projetos Especiais (Saspe), dirigido pela primeira-dama Larissa Ashiuchi; do Conselho Municipal dos Direitos das Mulheres (CMDM); e de estabelecimentos parceiros apoiadores da causa.

De acordo com a coordenadora da patrulha, Jaqueline Ferreira, a ação inédita é um marco para o grupamento. “O evento ampliou a nossa voz nessa luta pela defesa das mulheres, contando com parceiros que prontamente abraçaram a causa e fizeram desta uma ação marcante que, sem dúvida, veio para ficar”, disse. A fala é ratificada pelo secretário de Segurança Cidadã, Afrânio Evaristo da Silva, que enalteceu a iniciativa da pasta. “A Patrulha Maria da Penha tem seu protagonismo na cidade, sendo um agente fundamental que coloca Suzano como um município de referência no combate à violência contra a mulher. A primeira edição da caminhada nos surpreendeu pela capacidade de mobilização, mesmo em uma tarde fria. Nas próximas edições estaremos ainda mais fortes e maiores nesta luta”.

Já a primeira-dama destacou a importância do evento para além da campanha temática. “Anualmente, desde 2017, fortalecemos a pauta de enfrentamento à violência em agosto, que é o mês de aniversário da Lei Maria da Penha (lei federal nº 11.340/2006). Fico muito feliz em ver que cada vez mais pessoas se mobilizam pela causa, sendo reflexo dessa semente que plantamos lá atrás. Que o compromisso e a mensagem de proteção às mulheres possam reverberar por todos os meses, com cada vez mais informação sobre o assunto e encorajando as vítimas”, disse Larissa.

O prefeito Rodrigo Ashiuchi também compareceu ao ato e destacou a evolução da Patrulha Maria da Penha ao longo dos últimos anos. “Se hoje vemos tantas pessoas, órgãos e entidades mobilizados nesta causa tão justa e nobre, com certeza, é fruto do trabalho deste grupamento que tem uma história tão bonita em nosso município. Já foram centenas de vidas salvas por esse grupo, que também conta com mulheres guerreiras e que merecem este reconhecimento”, disse ele, ao agradecer o empenho da coordenadora Jaqueline Ferreira e dos agentes Maria Gilcelia Ferreira, Maria Aparecida Alves de Almeida, Denis Veríssimo e Arlindo Hilário.

O evento ainda foi prestigiado pelos secretários Alex Santos (Governo), Cintia Renata Lira (Administração) e Paulo Pavione (Comunicação Pública); pelo vereador Antônio Rafael Morgado, o Professor Toninho Morgado; pela comandante da GCM de Suzano, Tatiana Orita; pelo presidente da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa), Cesar Braga; pela coordenadora do curso de Direito do Centro Universitário Unipiaget, Patrícia Braga; pela presidente do CMDM, Laís Matos; pelo secretário-geral adjunto e presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB Suzano, Renan de Lima Franco; pelo presidente do Rotary Clube Suzano-Sul, Joaquim Castro; e pelos pastores Duarcy Domen e Paulo Carneiro, da Igreja Adventista.

Crédito das fotos: Mauricio Sordilli/Secop Suzano

source

Anúncios

Deixe uma resposta