Prefeitura de Suzano instala placas de combate ao abandono de animais

0
Iniciativa viabilizada por emenda impositiva do vereador Marcel da ONG reforça canal de denúncia e exibe lei federal que prevê sanções por maus-tratos; Secretarias Municipais de Meio Ambiente e de Comunicação Pública participam de ação

A Prefeitura de Suzano instalou em mais de 20 localidades placas de combate ao abandono animal. A iniciativa foi viabilizada por meio de uma emenda impositiva do vereador Marcel Pereira da Silva, o Marcel da ONG, no valor de R$ 20 mil, e reforça o canal de denúncia (0800-774-2007) da Ouvidoria Municipal, exibindo ainda a lei federal nº  9.605/98 (artigo 32), que dispõe sobre sanções por maus-tratos. O projeto conta com a participação das Secretarias Municipais de Meio Ambiente e de Comunicação Pública.

As placas buscam sensibilizar a população com a mensagem “Não descarte quem nunca te deixaria!”, alertando que “Abandono de animal é crime!”. A lei destacada na peça publicitária prevê detenção e multa para quem praticar abuso, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos. Por isso, foram escolhidas áreas estratégicas da cidade para a disposição dos materiais, de forma que os informes possam ser visualizados por uma grande quantidade de munícipes das regiões central, norte e sul de Suzano.

Região central

Nos bairros do centro e centro expandido foram instaladas placas na rua Sete de Setembro, altura do número 555; na avenida Jorge Bei Maluf, próximo ao Terminal Norte; no Parque Municipal Max Feffer; na rua dos Três Poderes, entre o Paço Municipal e o plenário da Câmara; na Praça dos Expedicionários; e na Praça João Pessoa.

Ainda nessa região, as peças podem ser visualizadas na esquina da avenida Senador Roberto Simonsen com a rua Tere Nigri, na Cidade Cruzeiro do Sul (próximo à UniPiaget); na rua João Martins da Silva, no Jardim Casa Branca; na rua Senador Luiz Carlos Prestes, no Jardim Cacique; e na Unidade de Saúde da Família (USF) da Vila Amorim, na rua Professor Jeremia.

O material também foi disponibilizado em frente à areninha do Jardim Vitória, na rua Leonardo Pinto Mendonça, 300; na Praça São Paulo, na Cidade Edson; e na praça da associação de moradores do Jardim Maitê.

Região norte

Nos bairros situados na região norte, as placas podem ser vistas no Trevo Dona Benta, entre a avenida Francisco Marengo e a Estrada Takashi Kobata; no final da avenida Miguel Badra; na Praça 21 de Abril, na Cidade Boa Vista; na Praça Padre Cícero, na Cidade Boa Vista; na quadra do Jardim São José; e na praça da Unidade Básica de Saúde (UBS) do Jardim Alterópolis.

Região sul

O mesmo material está visível para os moradores da região sul que passarem pela rua Crispin Adelino Cardoso, altura do número 42, no bairro Chácara Nossa Senhora Aparecida; pela rua Antônio Inácio, na quadra do Jardim Brasil; pela praça do Parque Buenos Aires; pela estrada Keida Harada, altura do número 96, na Vila Ipelândia; e pela rua Maria José de Campos, na Vila Helena. Ainda será instalada uma placa na rua Benedito de Lima Franco, altura do número 160, no Jardim Amazonas.

O vereador Marcel da ONG afirmou que a publicidade contribui com a conscientização em torno da causa animal. “A população não pode deixar de denunciar situações de maus-tratos. Nosso intuito é estimular os moradores a ficarem cada vez mais atentos à forma como os animais são tratados. Temos colaborado com o município por meio de importantes iniciativas, que visam à preservação dos direitos que são garantidos por lei”, declarou o parlamentar.

O secretário municipal de Comunicação Pública, Paulo Pavione, ressaltou que a instalação das placas reforça as informações relativas ao combate contra o abandono de animais. “É fundamental que a população grave o canal que recebe as denúncias de maus-tratos e também fique ciente sobre a legislação que garante os direitos dos animais. O conteúdo das placas e os locais onde as mesmas foram distribuídas têm o objetivo de colaborar com essa causa”, destacou.

Por fim, o titular do Meio Ambiente, André Chiang, enfatizou o trabalho da prefeitura no combate aos maus-tratos a animais. “Temos realizado uma série de ações com o objetivo de garantir o bem-estar dos animais. Do trabalho de adoção responsável às castrações na cidade, nosso foco é promover uma conscientização a todos, ao passo em que seguiremos com as fiscalizações pela cidade para garantir que não ocorram maus-tratos aos animais”, concluiu.

Caso os munícipes presenciem atos de abandono, maus-tratos ou outros crimes, é indicado entrar em contato com a Ouvidoria Municipal, pelo telefone 0800-774-2007, para denunciar a situação.

Crédito das fotos: Luana Bergamini/Secop Suzano

source

Anúncios

Deixe uma resposta